Plano ASBAF: Com você em todos os ciclos da vida!

Atendimento : Seg a Sex. 08:30 - 18:00 | Sab. 08:30 - 12:00
  Tel : 54 3232.0000

Acompanhamento Pediátrico da Infância à Adolescência

Manter o acompanhamento pediátrico dos primeiros dias de vida até os 16 anos é fundamental para o desenvolvimento saudável das crianças e adolescentes.

A pediatria é a especialidade médica treinada para cuidar de todas as questões que são comuns a essa fase. O pediatra é um médico capaz de acompanhar a saúde de seu paciente por longos anos, formando todo o seu histórico médico e sendo o principal conhecedor sobre sua saúde.

Portanto, desenvolver um bom relacionamento com o pediatra dos seus filhos é fundamental!

 

Acompanhamento Pediátrico na Infância

 

Desde os primeiros dias de vida o pediatra já se faz presente e prestativo para cuidar da saúde da criança e orientar os pais sobre os primeiros cuidados com o recém-nascido.

Os primeiros exames, as vacinas, todos os cuidados com a saúde são tomados por esse profissional que fica responsável por orientar a família para que o crescimento da criança seja completo e totalmente saudável.

Ele acompanha a curva de crescimento da criança, analisando se ela está dentro do peso e da altura ideal e se existe alguma alteração em sua saúde como diabetes tipo 1.

Todos os check-ups necessários são feitos periodicamente pelo pediatra que também é o primeiro a receber uma ligação quando a criança manifesta dores de ouvido ou qualquer virose que possa fazer com que os pais precisem de atendimento emergencial.

Portanto, seu papel é também de orientador dos passos da família com relação aos cuidados de saúde de seu filho.

 

Pediatra na Adolescência

 

Aos 10 anos de idade os primeiros sinais de puberdade começam a se manifestar e nesse período as mudanças também precisam ser acompanhadas pelo pediatra.

São nas consultas com o especialista que já possui a confiança da criança que será possível diagnosticar alguma possível alteração hormonal ou outro problema que talvez requeira a intervenção de outros especialistas.

O pediatra é antes de tudo um profissional de saúde capaz de identificar problemas de saúde física ou emocional que possam estar afetando o bem-estar da criança ou do adolescente.

E por ser um especialista que está a tantos anos acompanhando seu filho, esse acompanhamento deve ser mantido enquanto o adolescente está se desenvolvendo.

Em média o acompanhamento pediátrico é feito até os 16 anos de idade, etapa da vida em que o adolescente já está se acostumando a ter a interferência de outros médicos em sua saúde.

As meninas já devem ter tido sua primeira consulta com o ginecologista e sua primeira menstruação, assim como os meninos precisam ter passado pelos cuidados de um urologista.

Por ser uma fase nova e repleta de mudanças e descobertas, é natural que o adolescente precise contar com uma referência e ninguém melhor que o seu pediatra que o acompanha a anos.

Portanto, o médico pediatra é fundamental nessa fase, contribuindo para diagnósticos mais apurados e integrais, uma vez que é um profundo conhecedor da saúde daquele paciente.

 

Quando Trocar de Médico?

 

Alguns pediatras deixam de atender seus pacientes entre 10 e 13 anos, por de fato não serem especialistas no desenvolvimento de adolescentes. Por conta disso, é comum que o médico indique um colega para continuar o acompanhamento.

Em cada caso é preciso que a família possa conversar com seu pediatra de confiança para que essa troca ocorra de maneira saudável e o próximo médico a acompanhar a saúde do adolescente tenha acesso a todo seu histórico de saúde.

De maneira geral, não existe uma regra que funcione para todos os adolescentes, mas ter o acompanhamento do pediatra também nessa fase é extremamente benéfico para a saúde.

Agora que você já sabe a importância desse acompanhamento, aproveite e agende a consulta dos seus filhos com os Pediatras da Clínica Médica Asbaf!